Subscribe

Google +

Na Estante: Claros Sinais de Loucura | Karen Harrington

by - quarta-feira, março 04, 2015

Uma das minhas metas pra esse ano é ler pelo menos 1 livro por mês e hoje trouxe pra vocês o livro que eu li em janeiro. Na realidade eu espero superar as minhas expectativas e ler mais que isso, mas 12 títulos em 1 ano já é um bom começo pra voltar com meu hábito de leitura. Acreditem, mas há uns anos atrás eu cheguei a ler 40 livros em 12 meses, pra mim foi bastante!

A leitura que escolhi pra abrir os trabalhos foi o livro Claros Sinais de Loucura, da Karen Harrington. Nunca tinha lido nada dessa autora, aliás, na verdade nem sabia que ela existia e curti bastante o jeito dela escrever, é gostoso e cativante. 


O livro é narrado pela personagem principal, a Sarah Nelson. A menina está próxima do 12º aniversário e vive um momento cheio de ansiedade em relação ao seu futuro. Quando ela tinha 2 anos sua mãe tentou afogar a ela e ao seu irmão e desde então a mulher ficou internada em um hospital psiquiátrico. A Sarah vive então com uma mãe ausente que tem contato apenas por cartas, um pai que virou alcoólatra pra tentar se esconder dos problemas da vida e a lembrança de um irmão que aparece apenas em seus sonhos. 
Pra evitar a vergonha que sentem em relação ao passado, quando as pessoas começam a descobrir o que ocorreu na vida deles, o pai de Sarah sempre resolve se mudar de cidade, o que torna a menina um pouco isolada do mundo e sem amigas. Sua principal companhia, que a acompanha em todos os lugares que mora é a Planta, isso mesmo, uma plantinha que fica hospedada em seu quarto, que tem nome próprio e que é a confidente de todos os seus segredos.
A garota tem também 2 diários, um falso onde escreve coisas de uma garota normal e que deixa ali sobre um móvel a vontade para seu pai ler e um diário verdadeiro em que esconde muito bem e escreve todos os devaneios e loucuras que passam dentro da cabeça dela.
O que ela mais anseia neste momento é a chegada do verão, do aniversário de 12 anos, por não querer mais passar as férias na casa dos avós e por precisar abrir o jogo da sua vida em um trabalho da escola para o próximo ano. Sarah não quer mais se mudar mas tem receio de enfrentar a verdade perante todos, mas como a vida não pode ser feita só de preocupações, os acontecimentos que são contados no livro mostram a Sarah que seu verão e a sua a vida podem ser muito mais legais do que ela imagina e que enfrentar os problemas pode ser a melhor alternativa.


Essa é uma leitura bem tranquila e eu achei que a personagem, embora seja uma criança, é bastante madura, é desses livros que rola um aprendizado sabe? 

Espero que tenham curtido a resenha, e se alguém já leu este livro por favor de deixe a opinião nos coments

Você também vai gostar de ler:

2 Comentários

  1. Oi, Bianca!
    Parabéns pela tua decisão de ler mais em 2015! Sou suspeita pra falar, mas a leitura é sempre um hábito super positivo na vida das pessoas! Já tive bastante curiosidade sobre esse livro, mas tenho outros na frente, então talvez um dia eu dê uma chance a "Claros sinais de loucura". A fila de leitura anda imensa, sabe hahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi @Gabi! Obrigada pela visita querida!
    Eu tenho uma lista enorme pra ler também, por isso conseguir ler mais que 12 no ano! ^^ Mas se conseguir 1 por mês já tá ótimo!


    Beijos amore! :-*

    ResponderExcluir