Subscribe

Google +

Lugares pra conhecer em Curitiba!

by - domingo, fevereiro 24, 2019

Oiee!
Como de costume, toda vez que eu faço uma viagem legal, eu gosto de trazer aqui pro blog algumas dicas pra compartilhar com quem também curte esse assunto!
E embora o foco do blog no momento seja o handmade, uma diquinha extra sempre cai bem né? 

Prometo ser breve e ter mais fotos do que texto! ❤

Pegamos a estrada no dia 08/02 e saímos de Curitiba no dia 13/02 pela manhã, então foram 4 dias inteiros pra passear pela cidade. Não deu tempo de fazer tudo, mas nesse período a gente conseguiu conhecer muitaaaaa coisa e ainda visitar a família do Edu que mora lá!

Minha lista de lugares vai ser por ordem em que visitamos, okey? Mas antes quero mostrar onde ficamos hospedados!
A gente adora alugar lugares pelo Airbnb e dessa vez escolhemos um stúdio (pra mim é um nome novo pra chamar kitnet, haha) super fofo localizado no centro da cidade. Amamos esse lugar, super bem arrumado, aconchegante e limpinho! A dona do ap é um amor e dá várias dicas de passeio. Pra quem quiser conferir, espia aqui nesse link.

Ahhh, e quem estiver com planos de viagem e nunca usou o Airbnb, faz o cadastro através do meu link de convite e ganhe até R$ 130,00 de desconto na tua primeira locação pelo site! 

Agora vamos aos passeios:

MERCADO MUNICIPAL DE CURITIBA
Super organizado, limpinho e acolhedor, bem diferente do mercado público de Porto Alegre. Adoramos tanto que no último dia repetimos um passeio por lá!! Encontramos doces deliciosos e fizemos um ranchinho, rsrsrs

Como era perto do nosso ap, fomos caminhando. :) 


CAFÉ MUNICIPAL DE CURITIBA (BISTRÔ)
A foto que eu tirei foi direto pelo stories do Instagram e perdi ela, mas você pode espiar o que te espera nesse link. O bistrô fica em uma das ruas do mercado municipal é um lugar super fofinho com um café delicioso! :)

ÓPERA DE ARAME
Lá tem que pagar R$ 10,00 pra entrar, mas vale cada centavo. O ambiente é encantador e enquanto andamos pra conhecer a estrutura há uma orquestra tocando em um palco flutuante no laguinho que fica ao redor do teatro. É lindo!

Se for de carro, tem um estacionamento pago na frente.


PARQUE TANGUÁ
Que lugar, gente! Quando me disseram que era o parque mais lindo de Curitiba, eu não imaginava que fosse tanto! Fiz um book fotográfico lá, mas me contentei em escolher 3 fotos pra postar aqui. Vai por mim, coloca esse parque no primeiro dia de passeio e vai de tênis pra poder caminhar por todo ele. 
Pra estacionar lá é grátis e o passeio pelo parque é gratuito também (pode parecer óbvio, mas melhor falar né?). 
Nós deixamos o carro na parte de baixo e tivemos primeiro a visão da cachoeira, depois demos a volta e subimos pra ver o parque pelo ângulo contrário.


FEIRINHA DO LARGO DA ORDEM
Se programe pra ir na feirinha no domingo de manhã, pois é o dia da semana que ela acontece. Não foi meu passeio favorito porque fico um pouco incomodada quando tem muita gente aglomerada e caminhando devagar, mas vale a pena conhecer. 
Foi lá que comprei meu mensageiro dos ventos que postei no meu ig pessoal esses dias, quem quiser ver, tá aqui.


Por conselho da nossa anfitriã do Airbnb, nós fomos de Uber. Parece que lá é bem difícil conseguir estacionamento. 

PASSEIO PÚBLICO
O lugar é muito bonito, mas tá abandonado. Eu fiquei um pouco tensa de andar por lá porque tinha muita gente que me deu medo e porque tava meio deserto. É um lugar pra caminhar, conhecer e ir embora, não dá pra sentar lá e ficar de boas que nem no Tanguá e nos outros parques. 


Fizemos esse passeio a pé (fomos caminhando da feirinha do largo até o shopping Miller e depois fomos pra esse parque).

JARDIM BOTÂNICO
Esse acho que é um passeio clássico no roteiro de quem vai pra Curitiba, né? Infelizmente pegamos o prédio do jardim em reforma, então não deu pra entrar e ver a estufa, mas mesmo assim super valeu a visita porque é lindo!
Pra um dos lados, decendo um pouquinho, tem o Jardim das Sensações. Lá é um parque pra passear conhecendo vários tipos de plantas. Eu que adoro plantinhas, fiquei encantada com o lugar! 


O Jardim Botânico tem estacionamento gratuito pra visitantes, mas não tem muitas vagas. Nós demos sorte e conseguimos estacionar lá, mas caso não consiga, tem estacionamentos pagos ali na volta.

PARQUE TINGUI
É um parque imenso e super tranquilo! Depois quando a gente foi embora, descobrimos que não caminhamos nem pela metade dele! 
O lugar parece propicio pra caminhadas e ciclismo, e como fomos dia de semana pela manhã não encontramos muita gente, mas pelo que ouvi falar durante o final de semana ele é mais cheio. 


Tem bastante lugar pra estacionar!

UNILIVRE - Universidade Livre do Meio Ambiente
É um campus de universidade de livre acesso pra visitantes, tem estacionamento na frente, e é só passar pela trilha de madeira que fica no meio da mata (bem linda essa passagem!) pra conhecer a estrutura do prédio. 
Esse prédio é tipo uma casa na árvore, bem legal! Tem algumas salas de aulas, mas os visitantes só tem acesso ao mirante de madeira que proporciona uma visão linda do local.


Se tu tens alergia a mosquitos, entupa suas pernas de repelente pra passear nos parques. Fica a dica de quem teve a experiência de ficar com a perna inchada depois de uma picada de borrachudo. 

RUA DAS FLORES - XV de Novembro
Dizem ser o coração do centro histórico da cidade. Fomos lá, andamos pelas ruas e não é nada muito diferente de Porto Alegre. Não é nada extraordinário, mas é uma experiência legal.
Essa rua fica um pouco afastada de onde ficamos hospedados, mas mesmo assim fomos caminhando.


MUSEU DO HOLOCAUSTO 
Foi um dos passeios mais interessantes que fizemos. O motivo de ter que existir um museu pra isso é triste, mas é importante conhecer a história do nosso povo. Digo nosso porque independente da nacionalidade, somos todos humanos e todos somos iguais.
Ficamos 2h lá dentro e não vimos o tempo passar. A visita é gratuita, mas é necessário agendar antes, pra isso é só acessar o site do museu.


Tem estacionamento pago na mesma rua. 

MUSEU DO OLHO
Esse museu é uma obra de Oscar Niemeyer e por fora é muito bonito, mas com toda a minha sinceridade: a visita por dentro do prédio eu não gostei. O museu é enorme e só tem fotografias e umas obras de arte que não me chamaram atenção. Pode ser falta de sensibilidade minha, já que também sou das artes manuais, mas fiquei cansada de andar lá e de nada ter agregado ao meu conhecimento.


Pra entrar tem que pagar R$ 20,00 e tem estacionamento pago no local.

BOSQUE DO ALEMÃO
É um parque super lindinho e o local onde é possível caminhar, me pareceu pequeno. A gente não teve muito tempo de explorar o bosque pois passamos rapidinho antes de ir no Museu do Holocausto.
Lá tem um mirante e uma cascata bem linda! Dá pra descer esse mirante até o pé da cascata e parece que tem trilha lá embaixo, mas esse passeio não rolou pra nós dessa vez. 


PARQUE BARIGUI
Outro parque lindo! E também cheio de borrachudos, haha! O Barigui é gigante também e é cheio de paisagens lindas! Fiquei encantada com esse monte de flores.

Lá tem um monte de área verde pra jogar uma toalha e fazer um piquenique e também é um lugar perfeito pra caminhadas e ciclismo. Pena que o tempo tava pra chuva, se não as fotos teriam ficado ainda mais lindas. 

Tem estacionamento grátis no parque. :) 



E aqui encerra o nosso roteiro de Curitiba! Eu mal voltei pra casa e já tô louca pra ir lá de novo!
Espero que tenham gostado das dicas!

Beijos!


Você também vai gostar de ver:

OBRIGADA PELA SUA VISITA!

Se você quiser fazer algum elogio ou se tiver alguma dúvida relacionada as peças que ensinei, me escreva diretamente nos comentários da vídeo aula, lá no meu canal do Youtube.

Para acessar o vídeo, é só clicar no título da vídeo aula que está no post ou no link que deixei indicando a vídeo aula.

Acesse também a aba FAQ para conferir as dúvidas mais frequentes. :)

Até mais! ❤

0 Comentários